domingo, 15 de maio de 2011

Idéias, criatividade...

O nosso grupo tem professoras e professores muito criativos!
Olhem o jogo de Sudoku com configurações de mão que a professora Aline de Fátima Alves Salomão criou pra trabalhar com os alunos dela.

Parabéns Aline!
Em breve estaremos postando mais atividades dos professores(as) do nosso grupo.

Fotos da oficina de brinquedos ópticos




Oficina de brinquedos ópticos

Hoje, ninguém se admira quando vê um filme ou um simples desenho  mexer, mas há um século atrás o cinema era coisa do demônio. No período normalmente chamado de Pré-História do cinema, os brinquedos ópticos, que já desde o século XVII têm vindo a maravilhar inúmeros espectadores, quer em projecções privadas (nas casas senhoriais) como em público (barracas de feira), foram muito interessantes para despertar a curiosidade em crianças e jovens para os “segredos” do Cinema e particularmente do Desenho Animado. Por incrível que pareça, é um ligeiro defeito do olho humano que permite a existência da animação de imagens em geral, e do cinema, em particular - a persistência retiniana - as imagens ao formarem-se na retina ocular, provocam uma reacção química nos cones sensíveis à luz que aí existem. É esta reação química que é traduzida pelo cérebro como uma imagem, reação essa que demora uma pequena fracção de segundos (entre 1/10 e 1/17 de segundos). Portanto, as imagens permanecem na retina durante um certo tempo antes de darem lugar às imagens seguintes. A existência deste fenómeno foi provada por volta de 1820, pelo Dr. Paris, que diz que, sem a persitência das imagens na retina não seria possível a existência do cinema. Experiências que demostram este princípio:  Fixar o ponto que se encontra sensivelmente ao centro de cada imagem  durante aproximadamente 30 segundos, sem pestanejar. Em seguida, deve-se olhar para uma superfície branca (teto ou folha branca). Aparecera a imagem em negativo - isto é, se o objeto for escuro ele apareçerá claro, se for claro aparece escuro.  Se rodar uma moeda - consegue-se ver as duas faces ao mesmo tempo (obtem-se melhores resultados iluminando a moeda de forma a que esta reflita a luz que lhe está a incidir).
 >>>a construção dos brinquedos <<<
 O taumatrópio:  A palavra taumatrópio significa “que se transforma em algo maravilhoso”. Quando fazes girar o taumatrópio, as duas imagens passam rapidamente à frente dos teus olhos, misturando-se numa única imagem. Recorta dois círculos em cartolina com um diâmetro à escolha (7,5cm, por exemplo). Desenha agora as imagens e cola os discos de modo a que cada imagem fique numa face e invertidas. Coloca por fim os elásticos em buracos na parte lateral.. Experimenta o efeito final do teu taumatrópio.
O folioscópio:  Corta uma folha de papel A4 ao meio, segundo o comprimento; dobra-a ao meio, abre-a e faz um desenho na metade do papel mais afastada da dobra; coloca a outra parte por cima e faz o segundo desenho, no sítio correspondente, semelhante mas ligeiramente diferente. Enrola a folha de cima em torno do lápis. Passa o lápis rapidamente da direita para a esquerda e da esquerda para a direita. Os desenhos animar-se-ão.
O flip-book: livros de animação Corta papel cavalinho ou cartolina mais ou menos das dimensões 8 x 10cm. Faz o primeiro desenho numa das folhas, apenas na metade da direita e numera-as num dos cantos opostos. Coloca uma outra folha rigorosamente em cima da primeira e faz o segundo desenho, levemente diferente. Repete esta operação o número de vezes necessárias para a tua animação. Acerta-os todos e agrafa-os no lado contrário ao dos desenhos
Fonte: http://aspatygirls.arteblog.com.br/109662/BRINQUEDOS-OPTICOS/
Veja o  vídeo produzido na nossa oficina de brinquedos ópticos!!



video

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Surdocegueira


No dia 29 de Abril de 2011, tivemos a palestra sobre surdocegueira com as professoras Patricia M. Schapo e Silvana A. Santos.
A surdocegueira não se trata da somatória da surdez com a cegueira, mas é uma deficiencia única que apresenta caracteristicas peculiares, tendo formas de comunicação especificas.
Podemos classificar as pessoas que são surdocegas em pré-linguisticas e pós- linguistricas.
Pré-linguistico é aquele que nasce surdocego ou adquire a surdocegueira ainda bebê, antes da aquisição de uma língua.
O Pós-linguistico é aquele que adquire a surdocegueira após ter a aquisição de uma língua.
Algumas formas de comunicação são: objeto de referencia; língua de sinais tatil; alfabeto manual tatil; tadoma; sistema braille; braille manual; entre outras formas.

Palestra : ”Gestos buco-faciais”


”Gestos buco-faciais”
Drª Rachel Sutton-Spencer (University of Bristol)

No dia 15 de Abril de 2011 tivemos a palesta com a Drª Rachel na Universidade Federal de Santa Catarina.
Em sua pesquisa, a Drª Rachel observou sinalizadores e constatou que 75% dos sinais são acompanhados pela boca (articulação de palavras), 25% usam expressões buco-facial e sinais, 5% são neutros, não utilizam tais expressões.
Essa interferencia, segundo Drª Rachel, acontece por influencia da língua oral, e os gestos buco-faciais complementam/ dão suporte ou sentido ao que se esta sinalizando.
As mãos e a boca estão em sincronia com os movimentos, ou seja, as mãos incorporam o movimento que a boca faz no momento em que se realiza algum tipo de sinal com ação em determinada situação.
Por exemplo um carro andando: brrrrr (boca) + sinal de carro em movimento (mão)
Os gestos buco-faciais juntamente com o movimento das mãos nos dão uma ideia de tamanho, intensidade.